Obras

O VOLTAR
Manuel de Falla dança ritual do fogo
De FallaMúsica Cigana

Manuel de Falla – Dança Ritual do Fogo

A obra El Amor Brujo (O Amor Feiticeiro) resultou de um pedido feito a Manuel de Falla por Pastora Imperio, uma famosa cantora e dançarina cigana de flamenco, para que compusesse para ela uma gitaneria (peça cigana).

O enredo trata da história de Candelas, uma bela jovem cigana que é impedida de corresponder ao amor de Carmelo, seu namorado, pelo fantasma de seu antigo amante, um homem infiel e devasso que lhe aparece toda vez que ela se aproxima de Carmelo. Candelas executa a Dança Ritual do Fogo para atrair o fantasma do amante. Ela dança com ele, em rodopios cada vez mais rápidos, até que o fantasma, tragado pelas chamas, desaparece para sempre.

Certa noite, de Falla levou o pianista Arthur Rubinstein a uma apresentação de El Amor Brujo. Rubinstein ficou tão empolgado com a interpretação de Pastora Imperio da Dança Ritual do Fogo que pediu a de Falla que fizesse um arranjo para piano.

O compositor, modestamente, disse ter dúvidas sobre o efeito deste arranjo, mas quando Rubinstein tocou a dança como um bis, a plateia “enlouqueceu”. Ele teve de repeti-la três vezes.

Manuel de Falla – Dança Ritual do Fogo | Orquestra Sinfônica de Chicago, Daniel Barenboim (regente)

Manuel de FallaDança Ritual do Fogo, arranjo para piano | Arthur Rubinstein – gravação histórica

Já falamos sobre essa peça aqui, mostrando outras duas diferentes abordagens: sua utilização no cinema e em uma montagem audiovisual com desenhos de Goya:

Música no Cinema: Saura – El Amor Brujo | De Falla – “Dança Ritual do Fogo” e “Canção do Fogo Fátuo”

De Falla – El Amor Brujo | Goya, Disparates