Obras

O VOLTAR
Bach - Cantata BWV 106 Actus Tragicus
As Mais Belas MelodiasBach

Bach – Cantata BWV 106, Gottes Zeit – Actus Tragicus

Actus Tragicus,” diz o biógrafo de Bach, Alfred Dürr, “é uma obra de gênio que mesmo grandes mestres raramente atingem. Aqui, em um só golpe, o compositor de 22 anos supera de longe seus contemporâneos. Actus Tragicus pertence à grande literatura musical do mundo”. (Tenho, ao longo de muitos anos, consultado esta obra de Dürr e não me lembro de vê-lo usar termos tão elogiosos como aqui.)

A abertura da Cantata é uma Sonatina para duas flautas doces, duas violas da gamba e contínuo.

Vamos ouvi-la primeiramente na orquestração original e, depois, em uma bela transcrição para piano a quatro mãos.

Bach – Cantata BWV 106, Actus Tragicus: Sonatina | Cantus Cölln, Konrad Junghänel (regente)

Bach – Cantata BWV 106, Actus Tragicus: Sonatina – Transcrição para piano a quatro mãos |

Halla Oddný Magnúsdóttir e Víkingur Heiðar Ólafsson (piano)