Obras

O VOLTAR
Barber – Adagio para Cordas, Op. 11
Barber

Barber – Adagio para Cordas, Op. 11

Em uma bela vila próxima a Salzburgo, no verão de 1936, Samuel Barber compôs seu Quarteto de Cordas, Op. 11.

Em 1937, ele arranjou o movimento lento para orquestra de cordas. Esta peça se tornou sua obra mais popular e mais frequentemente executada.

Seu único tema, suplicante, é desenvolvido até atingir o mais sublime clímax. Após uma pausa o movimento se esvai aos poucos, pensativo.

Barber – Adagio para Cordas, Op. 11 | Transcrição para violas, arranjado e executado por Julia Kim