Obras

O VOLTAR
Liszt – Depois de uma Leitura de Dante: Fantasia quase Sonata
Franz Liszt

Liszt – Depois de uma Leitura de Dante: Fantasia quase Sonata

Conhecida como “Sonata Dante”, Depois de uma Leitura de Dante: Fantasia quase Sonata é a última peça do segundo volume dos Anos de Peregrinação e foi escrita sob o impacto da Divina Comédia: Canto do Inferno, de Dante.

Liszt começou o trabalho sobre um “fragmento dantesco”. Mais tarde incorporou uma revisão do trabalho em seus Anos de Peregrinação.

A composição descreve o terrível trajeto de uma alma ao inferno, mas acaba com vários acordes de perdão, em uma espécie de transfiguração.

A “Sonata Dante” é um dos melhores exemplos da habilidade técnica e da arte sonora de Liszt.

Liszt – Depois de uma Leitura de Dante: Fantasia quase Sonata | Arcadi Volodos (piano)