Obras

O VOLTAR
Mendelssohn – Sonata nº 2 para Violoncelo e Piano, Op. 58
Mendelssohn

Mendelssohn – Sonata nº 2 para Violoncelo e Piano, Op. 58

A Sonata nº 2 para Violoncelo e Piano de Mendelssohn começa com um Allegro assai vivace de um virtuosismo efervescente, confiante e otimista.

O segundo movimento, Allegretto scherzando, é leve e gracioso, com efeitos stacatto no piano respondidos pelo violoncelo em pizzicato. O violoncelo apresenta um segundo tema caloroso e lírico.

No Adagio, uma das mais belas criações de Mendelssohn, o piano começa em arpejos, apresentando um coral. O violoncelo responde com um recitativo apaixonado. Segue-se um diálogo dos dois instrumentos. No final, o piano recapitula o recitativo com arabescos cromáticos. Neste movimento há muito da música de Bach, de quem Mendelssohn foi devoto a vida inteira.

O último movimento, Molto Allegro e vivace, volta ao clima brilhante e extrovertido do início.

Mendelssohn – Sonata nº 2 para Violoncelo e Piano, Op. 58 | Natalia Gutman (violoncelo) e Viacheslav Poprugin (piano)