Obras

O VOLTAR
PIANOSchubert

Schubert – Fantasia para Piano a Quatro Mãos em Fá Menor, D. 940

Em março de 1827, Schubert acompanhou a procissão do enterro de Beethoven, levando uma tocha. Os 18 meses de vida que lhe restavam foram, segundo Benjamin Britten, o maior surto de criatividade já experimentado por um compositor. Quartetos, quintetos, sonatas e outras peças para piano, ciclos de canções fluíam continuamente de sua pena – um verdadeiro dilúvio de inspiração. É desse período sua Fantasia para Piano a Quatro Mãos em Fá Menor, terminada seis meses antes de sua morte. A Fantasia tem quatro partes:

  • Allegro molto Moderato
  • Largo
  • Scherzo. Allegro Vivace
  • Finale. Allegro molto Moderato

A melancolia da abertura nos faz pensar no sofrimento de seus últimos meses, e nos lembra de algo que ele escreveu anos antes: “O que eu produzo é fruto da compreensão que tenho da música e de minhas tristezas, mágoas”.

Lucas e Arthur Jussen, piano