Obras

O VOLTAR
PIANOSchumann

Schumann – Estudos Sinfônicos, Op. 13

Os XII Études Symphoniques, en Forme de Variations (Doze Estudos Sinfônicos, em Forma de Variações) estão entre as maiores obras de Schumann, um marco na literatura pianística.

Schumann fala, em carta, sobre suas intenções nesta obra:

“O tema deve, sem dúvida, ser mantido em vista, mas deve ser mostrado através de diferentes vidros coloridos, assim como há janelas de várias cores, que fazem a vista parecer rosada, como o pôr do sol, ou dourada, como uma manhã de verão.”

O compositor lutou durante toda sua vida para encontrar a forma definitiva da obra. Mais do que escrever variações de diferentes matizes, queria uni-las estruturalmente para formar um todo de proporções sinfônicas.

A primeira versão tinha 18 variações, mas quando foi publicada, apenas 12. Depois da morte de Schumann, Clara Schumann e Brahms publicaram cinco variações que haviam sido omitidas na primeira edição.

Ao final, em homenagem a William Sterndale Bennet, um amigo íntimo, inglês, a quem a obra é dedicada, Schumann usa outro tema – Du stolzes England, Freue dich (Alegra-te, valorosa Inglaterra) -, proveniente de uma ópera de Marschner.