Obras

O VOLTAR
MÚSICA ORQUESTRALVilla Lobos

Villa-Lobos – Bachianas Brasileiras nº 4

Escrita em partes, de 1930 a 1941, a versão original da Bachianas Brasileiras nº 4 era para piano, mas Villa-Lobos fez também uma transcrição para orquestra em 1942.

A Suíte tem quatro movimentos:

  • o Prelúdio;
  • um coral: o Canto do Sertão;
  • uma ária: a Cantiga;
  • e o Miudinho, uma dança.

O belo Prelúdio é sereno e contemplativo.

O Canto do Sertão traz o contraste entre a melodia solene e melancólica e a insistente repetição de uma figura no agudo do piano, que imita uma araponga.

A Ária foi escrita a partir de uma balada do nordeste, Mana deix’eu ir.

O final, Miudinho, nos agrada com suas linhas melódicas rápidas e seus ritmos irregulares.

Villa-Lobos - Bachianas Brasileiras nº 4 | Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo | Wagner Polistchuk (regente)