Obras

O VOLTAR
MÚSICA ORQUESTRALVivaldi

Vivaldi – As Quatro Estações

As Quatro Estações foram publicadas em 1725, como parte do Opus 8, que reunia doze concertos. Diferentemente dos demais, As Quatro Estações são ousadas, experimentais. Descrevem cenas da natureza, com resultados surpreendentes.

Sua inspiração vem de quatro sonetos, alguns dizem, do próprio Vivaldi. A partitura original tem os versos correspondentes a cada cena, impressos à margem.

Este é um dos primeiros exemplos de música de programa, abundantes mais tarde no Romantismo, com a denominação de poemas sinfônicos.

Cada concerto têm três movimentos, nessa ordem: rápido – lento – rápido.

Veja alguns exemplos do que a música descreve :

Concerto nº1 – Primavera:

O primeiro movimento, Allegro, descreve: o despertar da primavera; a água que jorra das fontes; o trovão; o canto dos pássaros.

Concerto nº2 – Verão:

O terceiro movimento, Presto, intitulado “Tempestade de Verão”, é cheio de som e fúria.

Concerto nº4 – Inverno:

O movimento final, Allegro, descreve o seguinte script: andando no gelo, ansioso e cauteloso; caindo no chão; o Siroco, vento do norte, e todos os outros ventos.

Vivaldi – Four Seasons (As Quatro Estações)
Europa Galante