Obras

O VOLTAR
Vivaldi – Stabat Mater
Semana SantaVivaldi

Vivaldi – Stabat Mater

Vivaldi orquestrou apenas a primeira parte, mais dramática, do Stabat Mater. Sua escolha de um contralto solista dá à obra um tom escuro.

A escrita intrincada para as cordas – famosa por suas Quatro Estações – está presente aqui também, especialmente no Eia Mater. O persistente tom choroso dos violinos serve como contraponto à linha vocal lírica.

Fac ut ardeat cor meum nos dá um doce contraste com seu embalo de uma canção de ninar – o amor de uma mãe.

Já a figura cortante no terceiro e no sexto movimentos e as punhaladas das cordas, base do segundo e do quinto movimentos, evocam vividamente o sofrimento de Maria ao pé da cruz.

Vivaldi – Stabat Mater, RV 621 | Tim Mead (contratenor) e Les Accents, dirido por Thibault Noally (violino) | Gravado na Sainte-Chapelle, Paris