Obras

O VOLTAR
bach cantata
#CLÁSSICOSDOSCLÁSSICOS2ANOSBachFim de Ano Clássico

Bach – Cantata BWV 51: Jauchzet Gott in allen Landen

A Cantata BWV 51: Jauchzet Gott in allen Landen (Exultai o Senhor em todo mundo) foi composta por Bach em Leipzig. Nas igrejas da cidade, somente os meninos podiam cantar as partes para soprano. Mas nessa cantata, a linha do soprano é virtuosística demais para um menino cantor: ela é composta para uma soprano coloratura. 

O esplêndido trompete concertante indica uma ocasião festiva: daí a hipótese de que a obra tenha sido escrita para uma celebração privada, fora de uma igreja. Bach anota na partitura: “in ogni tempo” (pode ser executada em qualquer ocasião).

A ária de abertura, extremamente brilhante, é um dueto entre soprano e trompete. Sua forma é a de um concerto instrumental (um reaproveitamento, talvez?). Vamos ouvi-la:

Bach – Cantata BWV 51: Abertura | Edita Gruberova (soprano), German Bach Soloists, Helmut Winschermann (regente)

O recitativo seguinte é sereno, em contraste com a ária anterior, e leva a uma bela e introspectiva ária com acompanhamento do continuo – executado pelo violoncelo e o cravo.

Dois violinos solo, novamente muito virtuosísticos, acompanham a cantora em um coral que leva diretamente a um fulgurante Aleluia final. Vamos ouvi-lo:

Bach – Cantata BWV 51: Aleluia | Edita Gruberova (soprano), German Bach Soloists, Helmut Winschermann (regente)

Assista a seguir a obra completa, em uma bela interpretação ao vivo:

Bach – Cantata BWV 51: Jauchzet Gott in allen Landen | Lenneke Ruiten (soprano); Adam Rixer (trompete); Alina Ibragimova e Liza Ferschtman (violinos); Amihai Grosz e Luis Cabrera (violas); Anne Gastinel e Jakob Koranyi (violoncelos); Jörn Boysen (cravo)