Obras

O VOLTAR
sonata para viola
BachVioloncelo

Bach – Sonata para Viola da Gamba e Cravo em Sol Menor, BWV 1029

O grande musicólogo e biógrafo de Bach, Philipp Spitta, descreveu a Sonata para Viola da Gamba e Cravo em Sol Menor, de Bach, como sendo “da maior beleza e de marcante originalidade”.

Bach escreveu três sonatas para esta formação. Elas têm o formato de trio sonata, em que o cravo assume o papel de solista na mão direita – sendo um parceiro em condição de igualdade com a viola da gamba – e a execução do baixo na mão esquerda.

O primeiro e o terceiro movimentos usam episódios recorrentes (ritornellos) com contraponto em fuga.

O Adagio central, com sua graça e dignidade, tem semelhança com os movimentos correspondentes dos Concertos de Brandenburgo nº 5 e nº 6.

A viola da gamba é um ancestral do violoncelo. As obras compostas para a gamba são exequíveis pelo violoncelo.

Bach – Sonata para Viola da Gamba e Cravo em Sol Menor, BWV 1029 | Martin Jantzen (viola da gamba) e Flóra Fábri (cravo)