Obras

O VOLTAR
Strauss I – Marcha Radetsky
Carlos KleiberStrauss

J. Strauss I – Marcha Radetzky

O célebre Concerto de Ano Novo de Viena, que teve sua primeira edição em 1939, evoca os tradicionais bailes que aconteciam na capital austríaca. A valsa vienense se tornou muito popular e, até hoje, está associada ao nome da família Strauss, em especial ao compositor Johann Strauss I e seu filho.

A Marcha Radetzky, de Johann Strauss I, é uma das peças que não podem faltar no Concerto de Ano Novo de Viena. Composta em 1858, foi dedicada ao Marechal Joseph Radetzky von Radetz, membro do Exército Austríaco, falecido naquele ano, cuja longa trajetória de campanhas militares lhe rendeu 146 condecorações. Hoje, a obra perdeu sua conotação ideológica e política para se transformar em uma expressão vibrante e apoteótica.

Vamos ouvi-la com a Filarmônica de Viena sob a regência de Carlos Kleiber, no Concerto de Ano Novo de 1989. O maestro tinha também seu lado light, como podemos assistir a seguir:

J. Strauss I – Marcha Radetzky | Filarmônica de Viena, Carlos Kleiber (regente)