BLOG

B VOLTAR
classicismo música italiana Pietro-Longhi-The-Family-Concert-2-

A Música Italiana do Período Clássico

O termo “clássico” surgiu em 1830 e foi dado pelos românticos. Seria melhor chamar esse período, que vai de 1730 a 1820, de Classicismo.

Algumas de suas principais características são:

– a volta aos ideais da antiguidade clássica, especialmente da cultura grega;

– os patronos eram principalmente os nobres;

– o gosto do público pela ópera cômica, gênero que surge em Nápoles e depois se estende à Itália inteira, cujas composições enfatizavam uma só linha melódica, com acompanhamento;

– as formas musicais como o concerto e a sonata definidas com maior rigor;

– a forma sonata é extremamente importante: dois temas, exposição, desenvolvimento, recapitulação e coda (cauda);

– a criação da sinfonia (geralmente associada a Haydn).

Os principais compositores do classicismo na música italiana são Giovanni Battista Pergolesi (1710-1736), Domenico Cimarosa (1749-1801), Luigi Cherubini (1760-1842) e Niccolò Paganini (1782-1840).

Vamos ouvir primeiramente o Trio Sonata nº 1 de Pergolesi e, na sequência, a Suíte Pulcinella de Igor Stravinsky, que usou o tema do Trio de Pergolesi para compor a música do balé Pulcinella, encomendado por Sergei Diaghilev para os Ballets Russes.

Pergolesi – Trio Sonata nº 1 | Kathrein Allenberg (violino), Shannon Steigerwald (violin), Roland Martin (cravo) e Jonathan Golove (cello)

Stravinky – Pulcinella Suite, 1º movimento | Los Angeles Chamber Orchestra, Jaime Martín (regente)

DESTAQUES