BLOG

B VOLTAR
Música Clássica da Índia

Música Clássica da Índia

A música da Índia é uma das mais antigas do mundo. Suas origens remontam aos Vedas (conjunto de textos hindu considerados as escrituras sagradas mais antigas do mundo), desenvolvendo-se a partir de uma complexa interação de diferentes povos e culturas. Tudo indica que a diversidade étnica dos dias de hoje tenha existido desde tempos imemoriais.

A base da música indiana é o sangeet – uma combinação de três formas de arte: música vocal, música instrumental e dança. De natureza melódica, não harmônica, apresenta uma melodia acompanhada por um fundo contínuo. Há um sistema de sete notas arranjadas de modo semelhante ao das escalas ocidentais.

O sistema musical indiano se baseia em dois pilares: raga e tala. Raga é a forma melódica; tala, a forma rítmica.

Tala é equivalente ao conceito ocidental de ritmo. É muito desenvolvido e existem várias formas comuns de padrões rítmicos repetitivos. Muitas peças de música indiana, seja uma longa improvisação ou uma canção sacra, possuem uma estrutura rítmica, isto é, um plano de batidas organizadas que os executantes usam como fundação.

Muitos instrumentos musicais são próprios da Índia, sendo que os mais conhecidos são o sitar e a tabla. Existe ainda uma grande quantidade de instrumentos desconhecidos no ocidente. Conheça alguns no vídeo a seguir:

DESTAQUES