BLOG

B VOLTAR
música e dança quebra nozes tchaikovsky nutcracker bolshoi

Música e Dança – Tchaikovsky: O Quebra-Nozes

Clássicos dos Clássicos inicia hoje uma nova coluna quinzenal: Música e Dança.

A música e a dança são duas artes intimamente ligadas (talvez mais até do que a música e a poesia, também muito próximas). Seu campo de estudo é extremamente vasto: vem de tempos imemoriais e passa por inovações contínuas até os dias de hoje.

Vamos abordar um gênero de dança que podemos chamar de clássica, começando pelo balé russo de Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893).

“Tchaikovsky foi feito para o balé”, escreve o musicólogo inglês David Brown, autor de um dos principais estudos sobre a vida e a obra do compositor russo. “Seu dom para melodia e orquestração e, sobretudo, sua capacidade de sugerir e sustentar o movimento () o tornaram especialmente qualificado para escrever para o gênero”, afirma.

Tchaikovsky é um dos mais populares compositores clássicos por seu apelo universal, suas melodias cantáveis e pungentes, suas belas harmonias e sua orquestração colorida e pitoresca. Mas como escreve Stravinsky em carta aberta a Diaghilev, chefe dos Balés Russos, “Tchaikovsky é o mais russo de todos nós. Sua música é tão russa quanto um verso de Pushkin ou uma canção de Glinka”.

Suas principais obras para o balé (que constituem sua chamada trilogia) são O Lago dos Cisnes, A Bela Adormecida, que ele considerava uma de seus melhores trabalhos, e O Quebra-Nozes, a mais popular de todas.

Vamos mostrar a seguir algumas cenas do balé O Quebra-Nozes.

Dança da Fada Açucarada | Bolshoi Ballet, Nina Kaptsova

O Quebra-Nozes: Trechos | Tetsuya Kumagawa

Valsa das Flores | Royal Ballet

Já falamos da Valsa das Flores anteriormente, apresentando um vídeo unindo a música, a dança e a pintura de Degas (que afirmava: “Sou considerado o pintor das bailarinas, mas o que eu quero é captar o movimento”):

Tchaikovsky – Valsa das Flores | Degas e as bailarinas

 

DESTAQUES