BLOG

B VOLTAR
melancolia lars von trier wagner preludio tristão e isolda

Música no Cinema: Melancolia – Lars Von Trier | Wagner – Prelúdio de “Tristão e Isolda”

Melancolia (2011), filme de Lars Von Trier, é controverso: alguns o amam, outros o odeiam. Entretanto, quase todos elogiam o Prólogo – oito minutos ao som do Prelúdio da ópera Tristão e Isolda, de Wagner. É uma sequência de sonho filmada em câmera ultra lenta que funciona tanto como uma preparação quanto uma sinopse do que está por vir.

As protagonistas são duas irmãs, Justine e Claire. Na primeira parte, o filme trata de Justine, melancólica e depressiva, do fracasso de sua festa de casamento e do próprio casamento. Na segunda parte, trata de Claire, a irmã mais velha e “normal” de Justine, e a contagem regressiva para o fim do mundo, com a colisão da Terra com o planeta Melancolia, que se aproxima.

Melancolia remete a outros filmes, como O Sacrifício, de Andrei Tarkovski, Gritos e Sussurros, de Ingmar Bergman, 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick, e Morte em Veneza, de Luchino Visconti.

Tem em comum com eles o fato de que é impossível imaginar qualquer um destes sem as músicas que seus autores escolheram para sua trilha sonora – música escolhida, não composta expressamente para os filmes.

O Prelúdio de Tristão e Isolda é o Leitmotiv de Melancolia. A ópera é uma composição revolucionária, que marca o fim da música tonal e abre caminho para compositores como Richard Strauss (Assim falou Zaratustra, em 2001: Uma Odisseia no Espaço), Gustav Mahler (Adagietto da Sinfonia nº 5, em Morte em Veneza) e Schoenberg.

O grande tema de Tristão e Isolda, por sua vez, é Liebestod (amor-morte), título da ária final da ópera, cantada por Isolda sobre o cadáver de Tristão. Seus últimos versos são:

Ertrinken,                     Afogar-se,

Versinken,                    Afundar,

Unbewusst,                  Inconsciente,

Höchste Lust!                Suprema alegria!      (tradução literal)

 

Melancolia – Prólogo | Wagner – Prelúdio de Tristão e Isolda | Orquestra Filarmônica de Praga sob a regência de Richard Hein.

 

DESTAQUES