BLOG

B VOLTAR
bach-dreams-akira

Sonhos – Corvos | Chopin – Prelúdio

O Prelúdio Op. 28 nº 15 em Ré Bemol Maior – “Gota de Chuva” (também conhecido por “Gota d’Água”), de Frédéric Chopin, é sem dúvida o mais famoso dos 24 Prelúdios, Op. 28. Em forma ternária (A-B-A), a parte A é nostálgica, pensativa, enquanto a parte B é sombria, sinistra. A peça volta, então, ao belo tema de abertura e se esvanece aos poucos.

“Gota de chuva”, apelido dado à obra pelo regente e pianista alemão Hans von Bülow, remete às notas repetidas que sugerem gotas de chuva batendo no telhado. Já o pianista francês Alfred Cortot, grande intérprete de Chopin, faz uma descrição mais complexa, mais profunda deste Prelúdio: “Mais la Morte est là, dans l’ombre” (Mas a morte está aqui, na sombra). 

Sonhos (1990), filme de Akira Kurosawa, é baseado em sonhos que o diretor teve ao longo de sua vida. O quinto sonho é Corvos, em que um estudante de arte (que representa Kurosawa) entra no mundo vibrante, por vezes caótico, da arte de Van Gogh. 

O sonho termina no quadro Campo de Trigo e Corvos. O estudante sai de dentro da pintura e um bando de corvos aparece. Os gritos histéricos dos pássaros sugerem que haja uma carcaça na vizinhança. 

Campo de Trigo e Corvos é considerado o último quadro que Van Gogh pintou, pouco antes de sua morte. A escolha do Prelúdio Op. 28 nº 15 (“a morte está aqui, na sombra”, segundo Cortot) como a trilha para este sonho reforça a associação com a ideia de morte.

Notas:

– A trilha do vídeo a que vamos assistir é da segunda parte (B) do Prelúdio (em Dó Sustenido Menor);

– Os efeitos especiais deste episódio foram realizados por George Lucas e seu grupo, Industrial Light & Magic.

DESTAQUES