BLOG

B VOLTAR
Fauré Proust

Proust e mais Fauré

No recital do Ritz, Proust incluiu no programa quatro obras de Gabriel Fauré, compositor que foi muito reverenciado pelo escritor.

Além de sua Sonata para Violino e Piano n°1 em Lá Maior, Op.13 (que já comentamos nessa série), Proust escolheu a Berceuse para Piano e Violino, Op. 16, pequena e delicada obra-prima lírica; a onírica Après un rêve (das Trois Mélodies, Op. 7), uma das mais amadas melodias de Fauré, que descreve o voo imaginário de dois amantes; e o Noturno n°6, Op. 63, peça com fortes contrastes de tempo, métrica e harmonia.

Fauré – Berceuse Op.16 | Steven Isserlis (violoncelo) e Connie Shih (piano)

 

Fauré – Après um Rêve | Sabine Devieilhe (soprano) e Alexandre Tharaud (piano)

Fauré – Noturno n°6, Op. 63 | Michel Dalberto (piano)

DESTAQUES