BLOG

B VOLTAR
beethoven terceira fase

As três fases de Beethoven: Terceira Fase

A terceira fase de Beethoven começa em 1815 e vai até ele parar de compor, em 1826. Suas últimas obras são admiradas pela profundidade, complexidade e intensa expressão pessoal. Entre elas estão a Nona Sinfonia, as Variações Diabelli, as cinco últimas sonatas para piano e os cinco últimos quartetos.

Essa é de longe a fase mais complexa do compositor. Depois das grandes realizações da segunda fase, segue-se um período de aridez. Os anos de 1812 a 1818 são marcados por crises e calamidades em sua vida pessoal. Sua produção cai drasticamente (se não contarmos as peças de ocasião). As poucas obras deste período anunciam um novo estilo: são mais introspectivas, mais íntimas.

O ano de 1815 é ainda um ano muito difícil para Beethoven, mas marca o começo desse novo estilo, com as duas sonatas para violoncelo e piano do opus 102. Mas a produção do compositor só voltará plenamente em 1820, com a solução da disputa sobre a guarda de seu sobrinho Karl.

O Caso Karl

Em 1815, morre Carl, irmão de Beethoven. A custódia de seu filho Karl foi partilhada entre sua mãe, Johanna, e o compositor, que entrou na justiça pleiteando a guarda exclusiva do sobrinho. Beethoven tinha a pior impressão de Johanna (justificada, diga-se de passagem).

O processo se arrastou durante um bom tempo, com idas e vindas. Beethoven se empenhou em conquistar a confiança e afeto de Karl. Desajeitado e sonhador, pensou até em fazer dele um músico. Confuso e desesperado, Karl comprou duas pistolas e tentou o suicídio, porém sobreviveu.

Beethoven conseguiu, enfim, a guarda de Karl, obtendo inclusive uma colocação para o sobrinho. Mas a disputa, que tinha se arrastado por cinco anos, consumiu muito a energia do compositor e abalou seu equilíbrio.

Terceira Fase de Beethoven

As obras desse período estão agrupadas entre os Op. 101 a 135.

Destacaremos as seguintes peças:

  • Sonata para Piano nº 28 em Lá Maior, Op. 101

Beethoven – Sonata para Piano nº 28 em Lá Maior, Op. 101

  • Variações Diabelli, Op. 120

Beethoven – Variações Diabelli, Op. 120

  • Quarteto nº 13 em Si Bemol Maior, Op. 130 e Grande Fuga em Si bemol, Op. 133

Beethoven – Quarteto nº 13 em Si Bemol Maior, Op. 130, e Grande Fuga, Op. 133

  • Quarteto nº 15 em Lá Menor, Op. 132

Beethoven – Quarteto nº 15 em Lá Menor, Op. 132

DESTAQUES