BLOG

B VOLTAR
Quarteto de cordas

O Quarteto de Cordas

O Quarteto de Cordas

Um conjunto musical com dois violinos, uma viola e um violoncelo forma o quarteto de cordas, gênero que tem sido predominante na música de câmara desde 1750.

Haydn estabeleceu o gênero e sua estrutura de quatro movimentos: Allegro; Andante ou Adagio; Minueto e Trio (Allegro); e Rondó (Allegro). O compositor escreveu 68 quartetos; já Mozart, Beethoven e Schubert escreveram, respectivamente, 23, 16 e 15 composições do gênero.

Na era romântica, Mendelssohn, Schumann, Brahms e Dvorák escreveram quartetos. Já no século XX, o gênero se destacou nas obras de Bartók e Shostakovich.

Quartetos de Beethoven

O quarteto de cordas tem um lugar especial na produção de Beethoven, sendo considerado o gênero mais importante em sua obra e um marco na composição para esse gênero. Beethoven escreveu 16 quartetos de cordas ao longo de sua vida.

Enquanto seus seis primeiros quartetos (Op. 18) evidenciam uma herança clássica, sobretudo de Haydn e Mozart, os da fase intermediária (Op. 59) revelam maior complexidade musical e intensidade dramática.

Já nos quartetos da última fase (Op. 131, 132, 133 e 135), o compositor passa da maturidade para a exploração de novos caminhos. Estes últimos, aliás, provocaram reações que iam da perplexidade até a recusa e a repulsa.

Assista a trechos de alguns quartetos de Beethoven interpretados pelo Belcea Quartet:

https://classicosdosclassicos.mus.br/belcea-quartet-no-middle-temple-hall-londres/

DESTAQUES